ANÁLISE AMBIENTAL

ANÁLISE DE ÁGUA

A água é um recurso essencial para vida, a saúde, os alimentos, o desenvolvimento econômico e o meio ambiente. É de grande importância monitorar a qualidade da água, pois nela possui características físicas, químicas e biológicas que interagem individualmente ou coletivamente na produção.

COMO SOLICITAR?

Entre em contato pelo e-mail: roberleilaboratorio@hotmail.com ou pelo telefone: (69) 3443-6046, e solicite seu orçamento.

 

Leia atentamente todos os itens dessa pagina para maiores informações. Qualquer duvida, por favor, não deixe de nos contatar.

ANÁLISES 

- Piscicultura
- Irrigação
- Outorga  
- Balneabilidade em geral 
- Efluentes (Domésticos e Industrial) 

SOBRE AS AMOSTRAS 
- Material: ÁGUA 

- Volume recomendado: No mínimo 500 ML para cada ponto de coleta 

- Acondicionamento: garrafa estéril de plástico (polietileno) ou de vidro

- Forma de envio: As amostras deverão está devidamente identificadas, em caixa isotérmica, com gelo reutilizável em temperatura 2 a 8 º C.
- As amostras devem ser coletadas e encaminhadas ao laboratório de imediato. 

- Amostras, mal identificadas sem temperatura apropriada não entrarão em procedimento, pois as desqualifica para o processamento.
 

ORIENTAÇÃO DE COLETA ​

Recomenda-se aos coletores fazer assepsia nas mãos com álcool 70°GL, e não fumar, não falar ou comer durante o procedimento da coleta de amostras. Devera também adotar o uso de EPIs (luvas, avental, mascara etc.) com vistas à proteção da amostra e também do próprio coletor, no caso de águas suspeitas de contaminação. Dever-se-á utilizar um par de luvas de procedimento para cada ponto de coleta, no caso das analises físico-químicas, as luvas não deverão ser lubrificadas com talco. Os frascos de coleta deverão permanecer abertos apenas o tempo necessário para o seu preenchimento e ser mantidos ao abrigo do sol. 
 
- Coleta de amostras em poços: deve-se deixar escorrer a água parada na canalização para depois coletar a amostra. (cerca de 2 a 3 minutos de escoamento);
- Coleta de amostras em nascentes: deve-se tomar cuidado para não levantar resíduos no momento da coleta (ex.: folhas, solo, etc.); 

- Coleta de amostras em rios e lagos: a água deve ser coletada a cerca de 30 cm de profundidade em vários pontos do corpo de água.

Após coletada, a água deve ser acondicionada em garrafas de polipropileno esterilizadas, lavando-as três vezes com a própria água de coleta.

PRESERVAÇÃO E ENVIO DA AMOSTRA

Refrigeração – Manter as amostras entre 1°C e 4°C preservara a maioria de características físicas, químicas e biológicas em curto prazo (< 24 horas) e, como tal, e recomendado para todas as amostras entre coleta e entrega para o laboratório. E recomendado para amostras microbiológicas ser refrigerada entre 2°C e 10°C. O gelo pode ser rapidamente usado para resfriar amostras para 4°C antes do transporte. As barras de gelo reutilizáveis são preferidas em vez das de gelo solto. Lembre-se: o gelo não deve entrar em contato com as amostras.  O intervalo entre a coleta e a análise deve ser de no máximo 24h para análises bioquímicas e de no máximo 10 horas para análises microbiológicas. 

COLETA PARA ANÁLISE FÍSICO-QUIMICA

1. Enxaguar o frasco por 3 vezes com a própria água a ser amostrada, este procedimento não é necessário quando se utilizam sacos ou bolsas plásticas.
2. Encher o frasco completamente. A presença de ar no interior do frasco é indesejada. Se for utilizado saco, encher até a marca indicada;
OBS: NUNCA UTILIZAR EMBALAGENS REUTILIZADAS DE REFRIGERANTES OU PRODUTOS QUÍMICOS.
Em caso de dúvidas sobre a forma correta de se coletar uma amostra, pode entrar em contato com o setor técnico do laboratório, será um prazer auxilia-los em suas coletas.


COLETA PARA ANÁLISE MICROBIOLÓGICA

1. Identificar o frasco ou saco de coleta com os dados da amostra;
2. Fazer desinfecção da torneira com álcool 70% ou hipoclorito de sódio para eliminar qualquer contaminação externa;
3. Abrir a torneira e deixar a água escoar durante 2 a 3 minutos. Deixar à torneira a meia secção para que o fluxo seja pequeno e não haja respingos. Remover a tampa do frasco com todos os cuidados e assepsia, tomando precauções para evitar a contaminação da amostra pelos dedos, luvas ou outros materiais.
4. Segurar o frasco verticalmente próximo à base e efetuar o enchimento, deixando um espaço vazio de aproximadamente 2,0 cm da borda, possibilitando a homogeneização correta antes do inicio da análise. Fechar imediatamente o frasco após a coleta;
5. Acondicionar a amostra coletada em condições adequadas para transporte, colocando-as em caixas térmicas, contendo gelo reciclável;
6. Enviar amostra ao laboratório.
OBS: Procedimento obrigatório para análise microbiológica. sempre coletar primeiro, amostra microbiológica e só depois a físico-química.

 

Fone: (69) 3443-6046   |   (69) 9 8431-6047

Segunda a Sexta   -   08:00 às 12:00   |   14:00 às 18:00

Avenida São Paulo, 2337 - Cacoal, RO